JURA EM PROSA E VERSO

 

 

TRABALHOS MAÇÔNICOS

 

 

 

A MAÇONARIA APÓS A

 

 

 PANDEMIA - COVID 19

 

Yassin Taha

 

 

O mundo mudou com essa pandemia da Covid-19, isto não será diferente para a Maçonaria

 

 

https://folhadolitoral.com.br/wp-content/uploads/2020/05/qn3xqx8o_1590782816.jpg

 

 

O mundo mudou com essa pandemia da Covid-19, isto não será diferente para a Maçonaria. Mesmo afastados do fraterno contato pessoal, em virtude da situação  com que estamos passamos, esta nos trouxe o benefício de podermos contatar virtualmente com Irmãos Maçons de praticamente todo o mundo através das inúmeras palestras que tem sido nos colocadas à disposição, com os mais diversos temas para enriquecimento da nossa cultura maçônica.

A grande maioria das Lojas tem realizado reuniões administrativas, embora as notícias são de que tem havido uma baixa participação dos membros de seus quadros, o que preocupa o retorno das atividades em Loja, pois se, com a possibilidade de conviver com os Irmãos sem se ausentar de nossas residências, a participação não motiva e depois deste longo período de acomodamento, como será o retorno à frequência em Loja, em especial aos Irmãos que atualmente estão enquadrados nos grupos de risco. Por certo teremos que promover grande trabalho de recuperação. O futuro nos espera e vamos ter que contar com a participação efetiva de cada um de nós.

As Maçonarias têm trabalhado em busca de uma solução para com os atuais recessos de maneira segura e fraterna, mas temos acompanhado nos Boletins internos das mesmas e nas redes sociais que temos Lojas realizando sessões de admissão e de passagens de graus, o que, logicamente, depende das legislações federal, estadual e municipal, no território de suas sedes e que estas normas estejam sendo literalmente cumpridas, para a saúde e segurança de seus membros.

A Maçonaria prima em todos seus aspectos A  FAMÍLIA, o berço familiar, fonte maior dessa fase decisiva da pós pandemia, requer investimentos prioritários que os governos jamais fizeram. São providências inovadoras que devem ser asseguradas, com a mais absoluta igualdade, a todos os brasileiros das novas gerações. Só assim haverá a ressurreição do Brasil na fase pós-pandemia.

Yassin Taha

Dep. Federal GOB